Bolsa Família Emergencial: Como receber R$600 e Datas de Pagamento

O Bolsa Família emergencial foi criado pelo Governo Federal, para ajudar os mais necessitados nesse momento de crise, que estamos enfrentando atualmente. Todos os inscritos no Cadastro Único e aqueles que recebem o Bolsa Família, vão ter direito ao valor extra. Saiba mais sobre o Bolsa Família emergencial a seguir.

Bolsa Família Emergencial

Bolsa Família Emergencial

O que é o Bolsa Família emergencial?   

Você já deve ter ouvido falar no benefício que o Governo Federal criou para ajudar os desempregados, Microempreendedores individuais, entre outros. 

Esse é o mesmo benefício que o Bolsa Família emergencial, também chamado de CoronaVoucher. Durante três meses os beneficiários passarão a receber o valor de R$ 600,00 como ajuda de custo, nesse tempo de epidemia.

Mas, para receber o benefício é preciso estar cadastrado no CadÚnico. Até o momento já são mais de 25 milhões de inscritos no benefício.


Como receber R$600?

Para você ter o direito e receber o Bolsa Família extra, você vai precisar estar dentro dos requisitos necessários. O governo exige que os beneficiários sejam:

  • Pessoas com mais de 18 anos;
  • Ser Microempreendedor Individual (MEI);
  • O cidadão deverá estar inscrito no CadÚnico para Programas Sociais do Governo Federal;
  • Deverá receber até meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50);
  • Ou então, deverá receber até 3 salários mínimos por família (R$ 3.135,00);
  • Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social;
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano anterior.

Se você está dentro desses que podem receber o auxílio, veja como fazer o cadastro a seguir.

Bolsa Família Emergencial


Como fazer o cadastro Bolsa Família emergencial? 

Se você já recebe o Bolsa Família, você não vai precisar se cadastrar novamente no CadÚnico 2021. E não precisa também, fazer o cadastro no auxílio emergencial.

No mesmo dia do saque do Bolsa Família, os beneficiários do programa, já receberão o valor a mais na sua conta do auxílio.

É importante saber que quem participa do Bolsa Família receberá o maior valor, no fim de abril, de maio e de junho. Aqueles outros beneficiários, deverão fazer o cadastro nos seguintes locais:

Bolsa Família Emergencial


Datas de pagamento do Bolsa Família Emergencial 

É importante todos os beneficiários do Bolsa Família ficarem atentos as datas de pagamento do Bolsa Família Emergencial.

Esse benefício será pago em três parcelas nos mesmos dias do pagamento do Bolsa Família. O pagamento será feito nos últimos dez dias de cada mês, de acordo com o final do Número de Inscrição Social (NIS), nos seguintes meses: abril, maio e junho.

Já para os inscritos no CadÚnico, o pagamento será nas seguintes datas:

  • Primeira parcela: A partir do dia 9 de abril;
  • Segunda Parcela: Entre 27 e 30 de abril, dependendo do mês de nascimento;
  • Terceira Parcela: Entre 26 e 29 de maio, dependendo do mês de nascimento.

E para os trabalhadores MEI, o pagamento será nas seguintes datas:

  • Primeira parcela: A partir de 14 de abril;
  • Segunda Parcela: Entre 27 e 30 de abril;
  • Terceira Parcela: Entre 26 e 29 de maio.

Importante: Não será permitido sacar o valor nos caixas eletrônicos. O dinheiro poderá ser movimento de forma eletrônico com depósitos ou transferências. Essa medida foi tomada para evitar aglomerações nessa fase de epidemia. Para não ficar em filas, utilize os aplicativos do seu banco e utilize o débito automático do seu cartão.

Bolsa Família Emergencial

Vamos estar sempre trazendo as últimas informações sobre o Bolsa Família Emergencial. Não perca as novidades.

Avalie este artigo

Avaliação média: 4.9
Total de Votos: 10

Bolsa Família Emergencial: Como receber R$600 e Datas de Pagamento

Leave a Reply