CODHAB 2020: Inscrições, Recadastramento, Consulta

A maioria dos brasileiros sempre tem o sonho de ter sua própria moradia. Com o CODHAB 2020 esse sonho pode ser ainda mais acessível. Suas propostas vem ajudando a milhares de famílias a darem um passo a mais em suas conquistas. E se você mora no Distrito Federal você pode está procurados o CODHAB 2020 e se inscrever nesse programa.

CODHAB 2020

CODHAB 2020

Para que esses passos possam ser ainda mais simples para você, reunimos as principais informações sobre o assunto aqui. Então basta continuar lendo, para ficar por dentro dos principais detalhes do CODHAB 2020.

CODHAB

Um dos programas habitações disponíveis em Brasília, é o CODHAB. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional foi criada pelo Governo do Estado com a principal intenção de oferecer auxílio moradia para a população de baixa renda.

Dessa forma, seu grande diferencial é ser mais acessível e menos burocrático para quem está solicitando.

✓ Saiba como funciona o Bolsa Família 2020

Sendo a principal responsável pelo programa Morar Bem, que tem vínculo com o Minha Casa, Minha Vida, ele vem ajudando muitas famílias em estado crítico. Sendo assim, a empresa cria vários projetos e ações sociais para seu melhor funcionamento.CODHAB

Com a criação de grande habitações, a Companhia tende a crescer ainda mais com o passar dos anos. E se você está interessado em fazer parte, saiba como são feitos os passos a seguir!


Como funciona o CODHAB 2020?

Como já lhe descrevemos bem, chegou a hora de entender como funciona o CODHAB.

Em suas ações, a companhia visa construir casas e apartamentos em habitações para as famílias que são de baixa renda e buscam financiamento. Sendo assim, suas parcelas de pagamento mensais ficam bem abaixo.

✓ Confira o calendário Bolsa Família 2020

Essas construções não são apenas a moradia dessas famílias. A companhia pensa em todas as estruturas que podem comportar de forma melhor cada cidadão.

Como funciona o CODHAB 2020

São redes de esgoto, pavimentação, iluminação, abastecimento com água potável, localidades estratégicas, etc. Tudo para oferecer o que há de melhor para essas famílias.


Quem pode participar do CODHAB 2020?

Se ficou interessado em fazer parte, confira a seguir, quem pode participar do CODHAB:

  • Cidadãos que atingiram a maioridade;
  • Moradores de um dos municípios do DF a mais de 5 anos;
  • Não ter nenhum vínculo ou histórico de compra de imóveis;
  • Não fazer parte de outros programas habitacionais;
  • Comprovar renda familiar de no máximo 12 salários mínimos.

Como se inscrever no CODHAB 2020

Para os interessados em participar do financiamento é preciso se atentar sobre as suas inscrições. É necessário que esteja sempre acompanhando a divulgação das datas e locais de cadastro para solicitar um imóvel.

✓ Saiba como consultar Bolsa Família 2020

Geralmente, os primeiros a estabelecerem essas datas, é através do site oficial da companhia e em seguida, os meios de comunicação locais.

Como se inscrever no CODHAB

Os passos podem ser mais simples do que você imagina. Como existem um grande número de inscritos, essas distribuições são feitas por categorias. Basta está preenchendo o formulário de cadastro com suas informações e saber em qual categoria ficará.


Recadastramento CODHAB

Se por algum motivo você quiser efetuar mudanças de forma bem simples. Como todos os participantes dos programas da companhia podem acessar o seu portal, esse passos podem ser feitos por lá. Veja abaixo como acessar a área do beneficiário da seguinte maneira:

  • Selecione a opção ‘Área do beneficiário’;
  • Acesse a área do candidato e faça login com seu CPF e senha.

Caso seja seu primeiro acesso, você pode está selecionando essa opção para fazer seu login com o CPF. Basta apenas ter acesso a internet!


Etapas do programa

O programa funciona com as seguintes etapas:

  • Inscrição: quando os interessados se fazem presente no local indicado para cadastro e preencher seus formulários de solicitação;
  • Convocação: ocorre quando os candidatos passam a comprovar todas as informações que prestou durante o cadastro;
  • Habilitação: quando as informações são confirmadas e publicados em Diário Oficial para consulta dos participantes;
  • Titularidade: entrega da unidade habitacional e recebimento de escritura pública.

Documentos para o CODHAB

Como os documentos servem para comprovar as informações prestadas, veja quais são eles e não deixe nenhum de fora:

  • Certidão de Nascimento ou de Casamento, no caso de alteração de estado civil, os documentos comprobatórios;
  • Identidade e CPF;
  • Certidão de nascimento dos filhos e dependentes incluídos na família, no caos dos maiores de 14 anos, precisa ser apresentado seu CPF;
  • Identidade dos dependentes que são maiores de 18 anos;
  • Comprovante de renda atualizado;
  • Carteira de trabalho;
  • Carteira de trabalho dos dependentes maiores de 18 anos;
  • Declaração de vínculo estudantil para os dependentes que estiverem em curso superior;
  • Comprovante de residência no DF para cada ano referente aos últimos cinco;
  • Comprovante de tempo de domicílio dentro estado;
  • Certidões negativas de todos os cartórios de registro de imóveis do estado.

CDHU 2020: Inscrições, Cadastro, Sorteio

Sabemos que um dos sonhos mais comuns entre os brasileiros é possuir sua própria casa. O CDHU 2020 pode ser uma das opções existentes para quem mora no estado de São Paulo. Por ser um procedimento que gera bastante gasto, o CDHU 2020 foi criado especificamente para atender a população de baixa renda.

CDHU 2020

CDHU 2020

Por tanto, se você é um desses moradores que precisa receber um auxílio dessa companhia habitacional.

E por sempre haver procedimentos a serem feitos, resolvemos ajudar você com essas dúvidas. Então, continue lendo e  entenda mais sobre o CDHU 2020.

CDHU

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo é uma empresa que foi criada pelo próprio Governo do Estado. Existindo um vínculo entre a companhia e a Secretaria de Habitação, a CHDU vem transformando a vida de milhares de cidadãos.

Isso porque o seu principal intuito é ser um agente promotor para exercer auxílio moradia a quem mais precisa. Para que esses cidadãos possam está recebendo uma vaga, é preciso está atento a sua inscrição.

✓ Confira os principais detalhes sobre o Bolsa Família 2020

Diferente de outros programas de financiamentos, os procedimentos feitos pela companhia são através de sorteios. E para que você consiga fazer parte desse grupo, é preciso acompanhar suas novidades.

CDHU

CDHU


Como funciona o CDHU 2020?

Todos sabemos que existe um grande número de interessados em fazer parte do sorteio. Mas assim como todos, é preciso está seguindo suas regras. Entender como funciona o CDHU 2020 pode ser mais simples do que você imagina.

✓ Veja também as novidades do feirão da Caixa 2020

Para que você consiga ser contemplado, é necessário que você esteja aguardando a abertura do período de inscrições. Elas sempre ocorrem entre os municípios e podem ter seus períodos diferentes. Então, o interessado fará sua inscrição e aguardará seu sorteio. Essas datas são divulgadas por anúncios em suas localidades.


Quem pode participar do CDHU 2020

Como já falamos sobre a companhia, ela é destinada às famílias que estão em condições de baixa renda. Ciente disso, confira abaixo quem pode participar do CDHU:

  • Famílias resultantes de casamento civil ou religioso com ou sem filhos;
  • Famílias resultantes de união estável, com ou sem filhos;
  • Famílias resultantes de união homoafetivas, parceiros com ou sem filhos;

  • Famílias monoparentais, mãe ou pais com os seus filhos;
  • Famílias anaparentais, constituídas por membros de parentesco sanguíneo;
  • Indivíduos sós, precisando ter acima dos 30 anos, sem união estável e sem filhos;
  • Famílias afetivas, que constituem indivíduos considerados familiarizados.

Cadastro CDHU 2020

Como você já deve ter entendido, a companhia não funciona com cadastro CDHU disponível sempre. Para fazer parte, é preciso aguardar seus períodos e precisam está residindo naquele município a mais de  5 anos.

✓ Saiba como fazer o seu cadastro Bolsa Família 2020

Você pode também, está acompanhando a abertura das inscrições através do seu site, clicando aqui.

Cadastro CDHU 2020

Cadastro CDHU 2020

Inscrições CDHU

Os interessados terão que apresentar suas documentações comprovados eu estado civil e outras situações como: deficiência, membros familiares, comprovantes de renda, etc. E devem seguir as seguintes regras:

  • Ter renda mensal de 1 em até 10 salários mínimos;
  • Residir no município em no mínimo 5 anos de moradia ou trabalho;
  • Não ter outros financiamentos em aberto, incluindo o CDHU.

Sorteio CDHU 2020

Os sorteios CDHU 2020 sempre são feitos de acordo com a classificação de cada participante.

Não ocorre de forma única, onde todos estão juntos. Mas são agrupados de acordo com suas situações como cidadão e grupos da mesma categoria familiar.

Sorteio CDHU 2020

Sorteio CDHU 2020

Esses agrupamentos são feitos após o mutirão de cadastro cadastro. A lista sempre é divulgada de seu site. E você pode está conferindo cada uma de acordo com o município. Caso você tenha sido sorteado, deverá apresentar:

  • Identidade e CPF;
  • Comprovante de renda atualizado;
  • E os documentos solicitados durante o cadastro.

A depender da quantidade de membros da família contemplada, é preciso apresentar essas documentações de cada um deles.

Como Fazer Empréstimo Bolsa Família 2020: Microcrédito

Famílias que recebem o Bolsa Família terão a possibilidade de conseguir microcrédito para poderem desenvolver seus negócios. Hoje você vai aprender como fazer empréstimo Bolsa Família 2020. Não deixe essa oportunidade passar, veja como fazer empréstimo Bolsa Família 2020.

Como Fazer Empréstimo Bolsa Família 2020

Como Fazer Empréstimo Bolsa Família 2020

Muitos beneficiários do programa Bolsa Família 2020 não sabem dessa facilidade em conseguir crédito para expandirem seus negócios.

Quem teve a iniciativa de oferecer crédito as famílias pobres ou extremamente pobres foi do Governo Federal.

✓  Veja detalhes sobre o novo Bolsa Família:

Esse tipo de iniciativa é semelhante a criação do benefício do Bolsa Família, tirar essas famílias das situações de pobreza ou extrema pobreza.

Como funciona esse empréstimo Bolsa Família 2020?

Depois que as famílias descobrem que tem direito de conseguir dinheiro emprestado, ficam na dúvida de como fazer empréstimo Bolsa Família 2020.

O Senado Nacional, aprovou que todas as famílias do programa consigam dinheiro emprestado de acordo com as linhas determinas e específicas de crédito.

Muitas microempresas estão conseguindo crescer graças ao microcrédito obtido com facilidade.

Esse empréstimo funciona da seguinte maneira, as famílias beneficiadas podem pedir um empréstimo que varia de R$ 300,00 a R$ 15 mil. Esse valor pode variar de acordo com os rendimentos obtidos pela família, desde que seja comprovado e avaliado.

✓ Saiba quem tem direito à CNH Social 2020

O valor do empréstimo não pode comprometer mais do que 30% do valor total do salário do beneficiado.

Se você ainda está na dúvida se esse é o melhor empréstimo, pense que as condições exigidas são bem menores e muito mais acessíveis a realidade da sua família.


Quem tem direito ao microcrédito Bolsa Família?

Antes de você aprender como fazer empréstimo Bolsa Família 2020 é importante verificar quem tem direito a esse microcrédito.

Por ser um iniciativa voltada apenas aos beneficiários do programa Bolsa Família, a principal exigência para conseguir esse microcrédito está em ter a família devidamente inscrita no programa, com todos os dados atualizados no Cadastro Único da região onde moram.

As famílias precisam ter consciência também, que esse tipo de empréstimo é considerado produtivo, ou seja, deve ser utilizado para que a família abra o seu próprio negócio ou investir em algum forma de renda.

Veja quem pode conseguir esse microcrédito

  • Famílias classificadas como pobres, que tenham rendimentos mensais de até R$ 170,00;
  • Famílias pobres que tenham em seu núcleo familiar, crianças e jovens com idade entre 6 e 17 anos, todos matriculados na escola;
  • É necessário participar das ações feitas pelo Ministério da Saúde destinadas a saúde das mulheres.

Como fazer empréstimo Bolsa Família 2020

Agora que você conheceu todas as informações sobre esse microcrédito, aprenda a seguir como fazer empréstimo Bolsa Família 2020.

Você não vai ter grandes dificuldades e o procedimento é bem simples e rápido.

Veja a seguir em rápidos passo como fazer para solicitar:

  • Dirija-se ao posto de atendimento do CRAS localizado na sua cidade;
  • Faça a solicitação de inclusão no CADÚNICO;
  • Apresente todos os documentos necessários para fazer a inclusão;
  • Aguarde o resultado da seleção que será feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social, esse período poderá ser de 30 dias;
  • Caso a sua família seja selecionada, você receberá um cartão magnético, onde poderá efetuar o saque do benefício;
  • Dirija-se até uma agência da Caixa Econômica Federal para fazer o desbloqueio do cartão e com isso efetuar o saque.

Agora sim está pronto, seguindo todos os passos acima é só usar com sabedoria o seu dinheiro, muitas famílias fazem uso dele e são ajudadas em muitas áreas!

SISVAN Bolsa Família 2020: Como Funciona, Sobre o Programa

Há muito tempo tem se discutido e se preocupado com a alimentação das famílias brasileiras e o SISVAN Bolsa Família 2020 ajuda diretamente nos dados dessa preocupação. Quer saber o que é o SISVAN Bolsa Família 2020 e como ele funciona? É fácil, leia esse post até o final!

SISVAN Bolsa Família 2020

SISVAN Bolsa Família 2020

O que é o SISVAN

SISVAN é o Sistema para Vigilância Alimentar Nutricional. Esse instrumento é responsável por mapear a condição alimentar e nutricional de toda a população brasileira.

Através das informações coletadas pelo SISVAN, o governo tem a possibilidade de localizar possíveis problemas de nutrição e colocar planos de ação para minimizar essas falhas.

Explicando de forma prática, ele funciona assim: um município ou uma comunidade têm uma forte característica de crianças com dificuldades de crescimento.

✓ Baixe aqui o app do Bolsa Família 2020

Essa faixa da população é convocada para realizar exames que serão utilizados para ajudar a identificar a gravidade da situação.

O SISVAN então gera esses dados e o governo desenvolve campanhas de saúde para reduzir esse problema.


O que é Bolsa Família 2020?

O Bolsa Família (PBF) é um programa de transferência de renda do Governo Federal, sob condicionalidades, instituído no Governo Lula pela Medida Provisória 132, de 20 de outubro de 2003, convertida em lei em 9 de janeiro de 2004, pela Lei Federal n. 10.836, que unificou e ampliou os seguintes programas anteriores de transferência de renda:

  • Programa Nacional de Renda Mínima vinculada à Educação – Bolsa Escola (Lei nº 10.219, de 11 de abril de 2001 – Governo Fernando Henrique Cardoso)
  • Cadastramento Único do Governo Federal (Decreto nº 3.877, de 24 de julho de 2001 – Governo Fernando Henrique Cardoso)
  • Programa Nacional de Renda Mínima vinculada à Saúde – Bolsa Alimentação (Medida Provisória nº 2.206-1, de 6 de setembro de 2001 – Governo Fernando Henrique Cardoso)
  • Programa Auxílio-Gás (Decreto nº 4.102, de 24 de janeiro de 2002 – Governo Fernando Henrique Cardoso)
  • Programa Nacional de Acesso à Alimentação – Fome Zero (Lei nº 10.689, de 13 de junho de 2003 – Governo Lula)

Quem tem direito ao Bolsa Família 2020?

Podem se beneficiar com o programa do Bolsa Família, todas as famílias em situação de pobreza (renda por pessoa entre R$ 89,01 a R$ 178,00) ou extrema pobreza (renda por pessoa de até R$ 89,00 por mês) e que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

✓ Saiba quem tem direito à CNH Social 2020

O cadastramento é feito na Prefeitura da sua cidade, ela atualiza seus dados e auxilia nas ações que ajudam no desenvolvimento das famílias pobres do município.


SISVAN Bolsa Família 2020

O SISVAN está diretamente ligado ao Bolsa Família. Ele é responsável por monitorar os beneficiários do programa de complemento de renda.

Duas vezes ao ano o SISVAN Bolsa Família 2020 convoca crianças, mulheres em idade fértil e gestantes com idade até 45 anos para realizar os procedimentos a seguir:

  • Avaliação do estado nutricional;
  • Acompanhamento da vacinação de crianças menores de 7 anos;
  • Assistência ao período pré-natal de mulheres gestantes.

Os beneficiários inclusos nessas características são convocados para comparecer às unidades do SUS para fazer os exames. As famílias devem cumprir todos os chamados do SISVAN Bolsa Família 2020, pois a ausência pode causar o bloqueio dos benefícios.


Consultar dados do SISVAN Bolsa Família

Todos os dados gerados pelo SISVAN Bolsa Família 2020 ficam disponíveis para consulta pública (você pode acessar aqui). Você pode gerar até 5 tipos de relatórios:

1. Estado nutricional dos indivíduos acompanhados

2. Tipo de Alimentação / Aleitamento Materno (Menores de 2 anos)

3. Consumo Alimentar (de 2008 a 2014)

4. Consumo Alimentar (a partir de 2015)

5. Acompanhamento Nutricional – ANDI

Os relatórios são bem segmentados e permitem que você faça a pesquisa a partir dessas opções:

  • Ano
  • Região
  • Estado
  • Município
  • Região de cobertura
  • Fases da vida
  • Sexo
  • Raça/cor
  • Acompanhamentos registrados
  • Povo e comunidade
  • Escolaridade

Para conhecer o SISVAN e tirar outras dúvidas acesse o site.

ID Jovem 2020: Como Funciona, Como Fazer, Benefícios

O ID jovem 2020 tem ajudado muitos brasileiros que possuem baixa renda a terem acesso a programações que antes não poderiam. Essas iniciativas facilitam o dia a dia dos jovens do Brasil que vivem uma realidade de renda inferior a outros. Para conhecer tudo sobre o ID jovem 2020 acompanhe esse post.

ID jovem 2020

ID jovem 2020

Esse documento oferece diversos benefícios aos jovens como, meia-entrada para eventos culturais e esportivos e vagas gratuitas e com descontos em transportes coletivos.

ID jovem 2020

A Identidade Jovem, popularmente conhecida como  ID jovem, é um documento criado pelo Governo em 2006, que garante benefícios aos jovens de baixa renda do Brasil. O documento faz parte da Lei da Juventude e deve ser aceito como tal.

✓ Veja ainda as mudanças envolvendo o novo Bolsa Família 2020:

São milhões de brasileiros entre 15 e 29 anos que tem direito a maior acesso aos direitos garantidos pelo Estatuto da Juventude – Lei nº 12.852/2013.

O que ID jovem 2020 oferece?

Os benefícios e oportunidades oferecidos pelo programa são inúmeros, veja:

  • Meia entrada em cinemas, shows, teatros, jogos de futebol, e quaisquer outras áreas culturais, como museus, parques naturais, etc.
  • Reserva de assentos em viagens interestaduais, 2 assentos com 100% de gratuidade e 2 assentos com no mínimo 50% de gratuidade do valor da passagem, sendo válidos ônibus, trens e barcos de classe convencional.
  • Isenção em concursos públicos e vestibulares de universidades e institutos federais, assim como qualquer cidadão cadastrado no CadÚnico.

Quem pode ter o ID jovem 2020?

O ID jovem 2020 é destinada a todos os jovens de baixa renda que fazem parte do Cadastro Único e que necessitam de auxílio para ter acesso a eventos culturais, esportivos e laser. 

✓ Confira quem poderá se inscrever na CNH Social 2020

Para isso existem alguns requisitos nos quais os jovens que desejam ter acesso ao ID Jovem 2020 devem se encaixar, são eles:

  • Ter entre 15 e 29 anos, sendo estudante ou não;
  • Estar inscritos no CadÚnico com NIS ativo e com informações atualizadas há pelo menos 2 anos
  • Possuir renda familiar de até 2 salários mínimos (R$1874,00)

O primeiro passo para quem deseja utilizar o benefício, e estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico. Através do cadastro, os dados do jovem serão analisados pelo programa, e caso seja aprovado, será gerado um número de NIS que poderá ser usado pagar gerar sua ID Jovem posteriormente.

Este cadastro é feito no CRAS – Centro de Referência de Assistência Social de sua cidade. Este centro na maioria das vezes encontra-se na sede da prefeitura do município. Para o cadastro, é necessário levar todos os documentos pessoais dos integrantes da família, comprovante de endereço, comprovantes de renda e carteiras de trabalho dos trabalhadores.

O responsável pela família é quem deve fazer o cadastro no CRAS. Os documento necessários são:

  • RG
  • CPF
  • Título Eleitor
  • Certidão de Casamento
  • Comprovante de Residência
  • Carteiras de Trabalho CTPS
  • Atestados de matrícula escolar
  • Contratos de Aluguel

Vale lembrar que não é obrigatório ser estudante para ter direito ao benefício.


Como emitir a Id Jovem 2020?

O primeiro passo para quem deseja utilizar o benefício é estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico. Este cadastro é feito no CRAS de sua cidade. 

Depois de estar incluído no CadUnico e aprovado o cadastro no CRAS, é hora de gerar a sua ID Jovem.

  • Clique aqui e cadastre seu documento, tendo em mãos o número do NIS – Número de Identificação Social.
  • Depois de cadastrado, baixe o aplicativo “Id jovem” no seu celular e preencha seus dados para acessar;

cadastro id jovem

  • Depois da confirmação, caso não haja erros em seu cadastro, será gerado sua ID jovem com QRCode com código de identificação, data de validade e dados do titular.
  • É possível imprimir e plastificar seu documento, para usar como uma carteirinha estudantil, mas também é possível usar o próprio aplicativo com acesso a internet para conseguir os benefícios, apresentando seu documento no guichê de atendimento.

Pronto, agora você já pode ter acesso a todos os benefícios citados acima!


Contato

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o ID Jovem 2020, entre em contato através do site.

Site: Clique aqui

Feirão da Caixa 2020: Inscrições, Cidades, Datas

O feirão da Caixa 2020 permite a realização do sonho de milhares de brasileiros que é a casa própria. Várias cidades do Brasil recebem o feirão da Caixa 2020 para possibilitar o financiamento a todas as famílias.

Feirão da Caixa 2020

Feirão da Caixa 2020

Para saber todas as informações sobre o feirão da Caixa 2020 como, datas, cidades e inscrições, leia esse post até o final.

Feirão da Caixa 2020

O feirão da Caixa 2020 foi lançado pela Caixa Econômica Federal há 13 anos e tem por objetivo intensificar a venda de imóveis em várias cidades brasileiras, onde são ofertadas centenas de milhares de imóveis.

✓ Saiba ainda as novidades do Programa Bolsa Família 2020:

O Feirão conta com a parceria de um número imenso de construtoras, correspondentes da Caixa e imobiliárias que concentram esforços no evento para dar atendimento aos milhões de interessados em todo o país que estão em busca da casa própria.

O evento é anunciado com antecedência e, ao saber da data, o comprador precisa começar a se preparar. A agenda de 2020 não foi anunciada ainda, mas nos basearemos nos anos passados.

No Feirão serão analisados todos os documentos e realizada uma análise de crédito. Após isso, o comprador poderá escolher o imóvel e em seguida, conhecerá as opções de pagamento, valores e taxas de juros praticadas.


Simulador feirão da Caixa 2020

Durante o evento, vários atendentes da Caixa estarão disponíveis para tirar suas dúvidas, conceder informações, ajudá-lo a encontrar o melhor financiamento, de acordo com o seu bolso e realizar a simulação do feirão da Caixa 2020.

Com o simulador, você saberá exatamente qual financiamento será mais adequado a você e enfim poderá fazer a inscrição.


Inscrição Feirão da Caixa 2020

As inscrições são feitas apenas na hora do evento, já contando como seu cadastro para tentar um financiamento. Você precisará levar:

  • RG (Cópia e Original);
  • CPG (Cópia e Original);
  • FGTS;
  • Cópia da Carteira de Trabalho;
  • Imposto de Renda de Pessoa Física;
  • Certidão de Casamento – caso você seja casado;
  • Comprovante de Renda – os três últimos – para aqueles que são trabalhadores;
  • Comprovante de Renda – o último – para aqueles que são aposentados.

Datas e cidades do feirão da Caixa 2020

As datas oficiais são divulgadas semanas antes do evento, mas segundo os anos anteriores separamos possíveis datas para cada cidade.

Confira os locais e as datas:

 Feirão da Caixa Belém –(25 a 27 de maio).
• Feirão da Caixa Belo Horizonte – (18 a 20 de maio).
• Feirão da Caixa Brasília – (25 a 27 de maio).
• Feirão da Caixa Campinas – (25 a 27 de maio ).
• Feirão da Caixa Curitiba – (2 a 25 de junho).
• Feirão da Caixa Florianópolis – Centro de Convenções de Florianópolis – CentroSul Rua Gov. Gustavo Richard, 850 Centro88.010-290 Florianópolis SC ( 26 a 28 de maio ).
• Feirão de Fortaleza – Shopping Rio Mar Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Papicu
60.176-065 Fortaleza CE (23 a 25 de junho).
• Feirão da Caixa Goiânia – Centro de Convenções Goiânia Rua 4, 1400 – portão 6 Centro
74.025-020 Goiânia GO. ( 26 a 28 de maio ).
• Feirão da Caixa Porto Alegre – Centro de Exposições da FIERGS Avenida Assis Brasil, 8787 Sarandi
91.010-000 Porto Alegre RS. ( 26 a 28 de maio ).
• Feirão Recife – Shopping Rio Mar Rio Mar Shopping – Estacionamento D5, Av. República do Líbano, 251 Pina
51.110-160 Recife PE. ( 26 a 28 de maio ).
• Feirão da Caixa Rio de Janeiro – Riocentro – Pavilhão 2 Avenida Salvador Allende, 6555 Barra da Tijuca
22.780-160 Rio de Janeiro RJ. ( 26 a 28 de maio ).
• Feirão da Caixa Salvador – Shopping da Bahia Avenida Tancredo Neves, 148 Caminho das Árvores
41.820-908 Salvador BA. ( 26 a 28 de maio ).
• Feirão da Caixa São Paulo – Pavilhão de Exposições Anhembi Parque – Pavilhão Oeste Av. Olavo Fontoura, 1209 Santana 02.012-021 São Paulo SP. ( 26 a 28 de maio).
• Feirão em Uberlândia – Center Convention Avenida João Naves de Ávila, 1331 Santa Mônica
38.408-902 Uberlândia MG ( 26 a 28 de maio).


Contato Caixa Econômica

Para pedir informações sobre o feirão Caixa 2020 basta entrar em contato através do telefone ou site.

Aplicativo Bolsa Família 2020: Baixar Grátis Online

No Brasil, a proposta do Governo que visa beneficiar famílias de baixa renda ganhou modernidade. O aplicativo Bolsa Família 2020 pode facilitar a vida dos beneficiários, pois pode ser consultado sem precisar sair de casa. Quer baixar o aplicativo Bolsa Família 2020? Então fique atento a essa matéria.

Aplicativo Bolsa Família 2020

Aplicativo Bolsa Família 2020

Através do aplicativo Bolsa Família, é fácil saber detalhes sobre seu benefício. Confira agora como acessar essa facilidade.

Bolsa Família 2020

O programa Bolsa Família 2020 é um recurso instituído pelo Governo em nosso país que garante que famílias menos abastadas possam ter um valor mensal que garante assistência básica de despesas do mês.

A Caixa Econômica Federal é uma das principais instituições mantenedoras do benefício e é ela quem disponibiliza o aplicativo Bolsa Família.

Mas antes de baixar o aplicativo, verifique se você se encaixa no perfil de requisitos para os beneficiários do programa.

Vamos considerar quem pode se inscrever no Bolsa Família 2020.

Como já foi dito anteriormente, o programa Bolsa Família tem como foco principal famílias de baixa renda. Algumas regras estão envolvidas para que o beneficiário possa participar:

  • Famílias extremamente pobres (são aquelas que recebem uma renda por mês de até R$ 89,00 por pessoa)
  • Famílias pobres (são aquelas que recebem uma renda por mês entre R$ 89,01 e R$ 177,00 por pessoa)
  • Famílias pobres (com gestantes, crianças ou adolescentes com idade máxima de 17 anos).

Faz parte do grupo que pode receber o beneficio? Então aproveite para se cadastrar no programa e baixar o aplicativo Bolsa Família 2020.


Vantagens do aplicativo Bolsa Família 2020

Os beneficiários do programa Bolsa Família recebem muitas vantagens por instalar o aplicativo disponibilizado ao usuário. Através de um acesso rápido, o cidadão poderá:

  • Consultar o valor do seu benefício;
  • Consultar o calendário de pagamento Bolsa Família 2020;
  • Localizar uma unidade da Caixa Econômica próximo a você;
  • Praticidade de consulta sem precisar sair de casa.

Com todas essas facilidades, resta a pergunta: como baixar o aplicativo Bolsa Família 2020 grátis?


Aplicativo Bolsa Família 2020

Os valor do Bolsa Família 2020 variam muito, começando por R$ 39,00 até R$ 372,00 por mês, com acúmulo dos benefícios. O valor do benefício é calculado de acordo com a composição de cada família.

Em relação ao aplicativo Bolsa Família 2020, você poderá seguir um tutorial fácil e rápido que te auxiliará no processo. Siga as seguintes instruções:

  • Em seu aparelho, consulte o ícone da loja de aplicativos instalada em seu celular;
  • Na busca da loja virtual, pesquise por “Bolsa Família”;
  • Após escolher o aplicativo (que é gratuito), baixe o programa em seu aparelho móvel.
  • Após esse processo, aperte “instalar” e aguarde a finalização.

Não se esqueça, o aplicativo Bolsa Família disponibilizado pelo Governo é gratuito e você não precisará pagar nada para ter acesso a ele.


Como utilizar o app Bolsa Família 2020

Depois do tutorial acima, agora chegou a hora de desfrutar do seu aplicativo Bolsa Família 2020.

Como então você pode fazer para aproveitar melhor a experiência do programa em seu celular?

✓ Veja quem pode se inscrever no programa CNH Social 2020

Abaixo, algumas instruções importantes serão fornecidas para a utilização do aplicativo Bolsa Família.

  • Vá até a aba “Aplicativos” do seu dispositivo eletrônico;
  • Procure pelo aplicativo do Bolsa Família, provavelmente ele estará em sua tela inicial;
  • Toque no app Bolsa Família;
  • Abra o aplicativo e digite o numero do NIS que se encontra registrado no seu cartão Bolsa Família 2020;

Em seguida aproveite as facilidades do seu app Bolsa Família 2020 e consulte seu benefício.


Contato Caixa Econômica Federal

Ainda tem alguma dúvida sobre o aplicativo Bolsa Família 2020? Então acesse os canais de comunicação abaixo:

  • Site: acesse aqui
  • Telefones de contato: 0800 726 0207

Em breve atualizaremos informações referentes ao aplicativo Bolsa Família 2020.

CNH Social 2020: INSCRIÇÕES, Requisitos para Cadastro

Infelizmente nem todas as pessoas tem o dinheiro necessário para tirar a Carteira de Habilitação (CNH). Pensando nisso, o Governo Federal criou a CNH Social 2020, para que todas as pessoas tenham o direito de tirar sua Carteira. A CNH Social 2020 é gratuita e está disponível para pessoas de baixa renda.

CNH Social 2020

CNH Social 2020

Se interessou pelo assunto? Então acompanhe o post a seguir e saiba mais sobre a CNH Social.

CNH Social 2020

O benefício foi criado em 2011 pelo Governo e tem como principal público alvo pessoas de baixa renda, para que elas também tenham acesso à Carteira de Habilitação 2020.

Sendo assim, o programa foi criado para disponibilizar vagas gratuitas para que esses jovens e adultos possam tirar a sua Carteira Nacional de Habilitação Social 2020.

Requisitos para se cadastrar no programa CNH Social 2020

Este benefício do governo é concedido para uma determinada categoria de pessoas.

Para se cadastrar na CNH Social 2020 é imprescindível que os candidatos se encaixem em algumas regras impostas pelo próprio programa.

Como já foi mencionado, a CNH Social é destinada para pessoas de baixa renda, ou seja, para aqueles que não possuem condições financeiras de arcar com os custos deste procedimento. Veja se você se encaixa no perfil:

  • Pessoas com renda bruta mensal de até dois salários mínimos;
  • Desempregados a mais de um ano;
  • Pessoas com nenhum registro em sua carteira de trabalho;
  • Beneficiários do Bolsa Família 2020;
  • Alunos da rede pública de educação com ótimo rendimento escolar;
  • Portadores de necessidades especiais;
  • Pequeno agricultor rural;
  • Ex presidiários.
  • Necessário não ter cometido nenhuma infração de trânsito;
  • Pessoas que já trabalham no setor de transporte e queiram regularizar a sua situação perante a justiça.

Essa iniciativa é disponibilizada para o cidadão que possui poucos recursos e pode ser feita através do DETRAN de cada estado.


Estados participantes da CNH Social 2020

A grande maioria dos estados brasileiros disponibilizam vagas para o programa CNH Social 2020.

✓ Saiba quais as novas datas do calendário Bolsa Família 2020

Mas é o DETRAN de cada região que autoriza os procedimentos. Confira abaixo os estados que possuem processo seletivo para o programa CNH Social para o ano de 2020:

  • Pernambuco
  • Espírito Santo
  • Minas Gerais
  • Paraíba
  • Rio Grande do Sul
  • Maranhão
  • São Paulo

Os critérios para a participação da seleção CNH Social 2020 variam de estado para estado.

Em algumas regiões, o benefício é sorteado entre os candidatos, já em outras, os candidatos mais pobres de acordo com os dados do Cadastro Único, recebem prioridade.


Inscrições CNH Social 2020

O procedimento para a realização da inscrição CNH Social 2020 é tranquilo e rápido de ser feito.

Cada estado possui um tipo de inscrição, portanto é preciso verificar no Detran da sua região a melhor forma de se inscrever.

✓ Veja como realizar o cadastro Bolsa Família 2020

Geralmente, a inscrição do CNH Social é feita online através do site do Detran de seu estado.

O processo de matricula consiste em preencher um formulário com as informações pessoais, escolaridades, residenciais, cadastro de e-mail e senha, além de aceitar os termos de veracidade das informações prestadas.

É durante o processo de inscrição da CNH Social que o candidato deve selecionar a opção de habilitação: A, B ou AB.

Para que você esteja ciente de como realizar sua inscrição no CNH Social 2020, montamos um simples passo a passo. Confira:

  • Nesta página, clique na opção “Inscrição” ou “Inscreva-se”;
  • Será necessário informar: Comprovante de endereço; Comprovante de renda.
  • Preenchido todos esses dados, finalize o procedimento clicando em “Enviar”.

É válido lembrar que segundo o site oficial SEST/SENAT, não estão abertas vagas atualmente para as inscrições da nova CNH Social, mas assim que estiverem disponíveis, poderá realizar o passo a passo acima tranquilamente.


Contato CNH Social

Se caso ainda houver dúvidas em relação a CNH Social 2020, você poderá esclarecer nos seguintes canais de comunicação se informar com os seguintes contatos:

  • Telefone: 0800 728 2891
  • Site oficial SEST SENAT: Clique aqui

Assim que obtivermos mais informações sobre a CNH Social 2020 voltaremos a atualizar este post!

Bolsa Escola 2020: Cadastro, Calendário 2020

O Bolsa Escola 2020 foi um programa criado em 2001 como iniciativa do governo de Fernando Henrique Cardoso e foi incorporado ao Bolsa Família. O Bolsa Escola 2020 beneficiava famílias em estado de extrema pobreza pagando os custos escolares, o que incentivava as crianças estudarem ao invés de trabalhar para ajudar nas despesas do lar.

Bolsa Escola 2020

Bolsa Escola 2020

Neste artigo acompanharemos um pouco a trajetória do Bolsa Escola bem como sua junção ao Bolsa Família.

Bolsa Escola 2020

O Bolsa Escola 2020 tinha como principal objetivo favorecer os estudos de crianças e adolescentes.

Incorporado ao Bolsa Família 2020, o Bolsa Escola 2020 ainda visa a educação e envia recursos para famílias de baixa renda em todo o país.

Para as famílias terem direito ao Bolsa Escola 2020, é importante estarem enquadrados no seguinte perfil:

  • Famílias extremamente pobres (com renda mensal máxima de até R$ 89.00 por cada membro familiar)
  • Famílias pobres (com renda mensal entre R$ 89.01 e R$ 177.00 por cada membro familiar)
  • Famílias pobres que contam em sua composição gestantes, crianças ou adolescentes com idade máxima de 17 anos.

Com o recurso Bolsa Escola, famílias em todo o Brasil podem se beneficiar de renda mensal que os ajudam a manter os filhos na escola e pagar as despesas básicas do mês.

Se interessou pelo assunto e gostaria de se cadastrar ao Bolsa Escola 2020? Então continue acompanhando o tópico a seguir.


Como se cadastrar Bolsa Escola 2020

Para se cadastrar, é necessário que o responsável legal pela família se atente as regras do Bolsa Família.

Como o Bolsa Escola foi incorporado à esse programa, segue os mesmos critérios.

Portanto, o responsável deverá se dirigir pessoalmente até a prefeitura de sua cidade com os seguintes documentos para realizar o cadastro Bolsa Família 2020:

  • Documento de Identificação (RG e CPF)
  • Carteira de Trabalho
  • Título de Eleitor
  • Certidão de nascimento ou de casamento
  • Comprovantes de residência e de renda.

O programa Bolsa Escola também disponibiliza o Calendário Bolsa Escola, onde os beneficiários podem consultar o seu benefício e conferir se o valor a que tem direito está disponível ou não para ser sacado.


Calendário Bolsa Escola 2020

Segundo o site do MDS (Ministério do Desenvolvimento Social), o calendário Bolsa Escola 2020 estabelece as datas de pagamento de acordo com o último número do NIS (Número de Identificação Social) impresso no Cartão Bolsa Família.

Este é o último calendário Bolsa Família 2020:

Final do NIS 1:

18/jan, 15/fev, 18/mar, 16/abr, 20/mai, 14/jun, 18/jul, 19/ago, 17/set, 18/out, 18/nov e 10/dez;

Final do NIS 2:

21/jan, 18/fev, 19/mar, 17/abr, 21/mai, 17/jun, 19/jul, 20/ago, 18/set, 21/out, 19/nov e 11/dez;

Final do NIS 3:

22/jan, 19/fev, 20/mar, 18/abr, 22/mai, 18/jun, 22/jul, 21/ago, 19/set, 22/out, 20/nov e 12/dez;

Final do NIS 4:

23/jan, 20/fev, 21/mar, 22/abr, 23/mai, 19/jun, 23/jul, 22/ago, 20/set, 23/out, 21/nov e 13/dez;

Final do NIS 5:

24/jan, 21/fev, 22/mar, 23/abr, 24/mai, 21/jun, 24/jul, 23/ago, 23/set, 24/out, 22/nov e 16/dez;

Final do NIS 6:

25/jan, 22/fev, 25/mar, 24/abr, 27/mai, 24/jun, 25/jul, 26/ago, 24/set, 25/out, 25/nov e 17/dez;

Final do NIS 7:

28/jan, 25/fev, 26/mar, 25/abr, 28/mai, 25/jun, 26/jul, 27 ago, 25/set, 28/out, 26/nov e 18/dez;

Final do NIS 8:

29/jan, 26/fev, 27/mar, 26/abr, 29/mai, 26/jun, 29/jul, 28/ago, 26/set, 29/out, 27/nov e 19 dez;

Final do NIS 9:

30/jan, 27/fev, 28/mar, 29/abr, 30/mai, 27/jun, 30/jul, 29/ago, 27/set, 30/out, 28/nov e 20/dez;

Final do NIS 0:

31/jan, 28/fev, 29/mar, 30/abr, 31/mai, 28/jun, 31/jul, 30/ago, 30/set, 31/out, 29/nov e 23/dez;


Contato Caixa Econômica Federal

Para maiores informações sobre o Bolsa Escola, acesse os canais de comunicação abaixo:

Em breve atualizaremos informações referentes ao Bolsa Escola 2020.

Salário Família 2020: Tabela, Valor e Quem tem direito?

Trabalhadores que atendam aos requisitos necessários podem receber o Salário Família 2020 por direito. Muitos desconhecem esse tipo de benefício e acabam não solicitando-o. Saiba mais a seguir sobre o benefício do Salário Família 2020 e ofereça mais conforto para seus familiares.

Salário Família 2020

Salário Família 2020

Você, cidadão brasileiro que é trabalhador e paga todos os impostos em dia, deve conhecer os benefícios oferecidos por lei.

O Salário Família INSS 2020 é um deles e que foi destinado a todos que cumprirem as exigências e requisitos definidos.

O que é Salário Família 2020?

O benefício do Salário Família 2020 consiste em um valor pago em dinheiro a todos os cidadãos trabalhadores, inclusive os domésticos, que possuam uma quantidade de filhos e que principalmente estejam dentro dos requisitos determinados.

✓ Saiba como se inscrever no Minha Casa Minha Vida 2020

Para receber esse benefício, o cidadão deve estar enquadrado no limite máximo de renda determinado pelo Governo Federal. O requerimento deve ser solicitado de acordo com o tipo de trabalho que você exerce.

Esse salário para quem tem filhos é extremamente importante, principalmente para as famílias de baixa renda.


Qual o valor do Salário Família 2020?

Existem alguns valores limites e cotas correspondentes a esses valores. A Portaria Ministerial é quem atualiza e determina esses valores. Para o Salário Família 2020, esses valores ainda não foram atualizados.

✓ Veja qual o novo valor do Bolsa Família 2020

Confira algumas informações importantes sobre os valores que serão determinados:

  • O trabalhador só terá direito a cota do salário-família para cada dependente se esse valor obedecer a faixa correspondente a sua remuneração mensal;
  • É considerada como remuneração mensal todo o salário de contribuição;
  • Se a remuneração recebida pelo trabalhador ultrapassar a faixa determinada, ele não terá direito ao recebimento do salário família.

O requerimento do benefício pelo trabalhador doméstico deve ser feito diretamente ao seu empregador. O trabalhador avulso, por sua vez, deve requerer o benefício diretamente no sindicato ou órgão competente.

Casos especiais de cidadãos que recebam auxílio-doença e aposentadorias por invalidez ou idade, devem requerer o benefício diretamente no INSS.


Quem tem direito ao Salário Família 2020?

Nem todas as famílias têm direito de receber esse tipo de benefício, pois existem requisitos específicos para isso. Essas limitações de pagamento são feitas para que não ocorra nenhum tipo de fraude.

Confira a seguir que tipos de exigências são feitas para quem quer receber o Salário Família 2020 e prepare seus documentos para dar entrada no pedido.

Requisitos Salário Família 2020

Os principais requisitos para o recebimento do benefício para quem tem filhos são:

  • Possuir filhos com idade de até 14 anos ou que estejam sob a condição de invalidez de qualquer idade;
  • Possuir a remuneração mensal abaixo do valor limite para o recebimento desse benefício.

Documentos Salário Família 2020

É necessário que o cidadão trabalhador apresente alguns documentos obrigatórios para receber o Salário Família 2020. Confira a seguir quais são eles:

  • Documento de identidade com foto e número do CPF;
  • Termo de Responsabilidade devidamente preenchido – acesse esse site e veja;
  • Certidão de Nascimento de todos os dependentes;
  • Caderneta atualizada de vacinação para dependentes de até 6 anos;
  • Comprovante de frequência escolar para as crianças dependentes de 7 a 14 anos;
  • Requerimento de Salário Família para os cidadãos em processo de aposentadoria.

Quando for o período de renovação do benefício, será necessário apresentar todos esses documentos novamente. Geralmente a carteira de vacinação deve ser apresentada em meados de novembro e a frequência escolar a cada 6 meses.


Tabela Salário Família 2020

VIGÊNCIA
REMUNERAÇÃO
SALÁRIO FAMÍLIA
A Partir de 01/01/2019(Portaria Ministério da Economia 09/2019) R$ 907,77 R$ 46,54
R$ 907,78 a R$ 1.364,43 R$ 32,80
A Partir de 01/01/2018(Portaria Interministerial MTPS/MF 15/2018) R$ 877,67 R$ 45,00
R$ 877,68 a R$ 1.319,18 R$ 31,71
A Partir de 01/01/2017

(Portaria Interministerial MTPS/MF 8/2017)

R$ 859,88 R$ 44,09
R$ 859,89 a R$ 1.292,43 R$ 31,07
A Partir de 01/01/2016

(Portaria Interministerial MTPS/MF 1/2016)

R$ 806,80 R$ 41,37
R$ 806,81 a R$ 1.212,64 R$ 29,16
A Partir de 01/01/2015

(Portaria Interministerial MPS/MF 13/2015)

R$ 725,02 R$ 37,18
R$ 725,03 a R$ 1.089,72 R$ 26,20
A Partir de 01/01/2014

(Portaria Interministerial MPS/MF 19/2014)

R$ 682,50 R$ 35,00
R$ 682,51 a R$ 1.025,81 R$ 24,66
A Partir de 01/01/2013

(Portaria Interministerial MPS/MF 15/2013)

R$ 646,55 R$ 33,16
R$ 646,56 a R$ 971,78 R$ 23,36